Importância do DNA em Investigações Forenses: Análise de DNA Mitocondrial

Autores/as

  • Letícia Batista Pinto
  • Isamara G. Cavalcanti Caputo
  • Margaret Mitiko Inada Pereira

DOI:

https://doi.org/10.17063/bjfs6(1)y201684

Palabras clave:

mtDNA, mtDNA, Human identification, Identificação humana, Forensic sciences, Ciências forenses, Criminal investigation, Investigação criminal, Forensic Genetics, Genética Forense

Resumen

O DNA pode ser utilizado como ferramenta em qualquer investigação criminal, é um vestígio capaz de ligar pessoas e objetos à cena do crime com um alto grau de confiabilidade, além de ser de extrema importância na identificação humana e de restos mortais. Apesar de a descoberta do DNA não ter sido recente, e seu uso mesmo na área forense já acontecer a alguns anos, podemos perceber que as pesquisas nesse ramo não cessaram, e existem infinitas possibilidades para aprimoramento de técnicas e dos métodos utilizados hoje em dia. O DNA mitocondrial (mtDNA) pode ser uma ótima alternativa na tipagem de DNA quando o DNA nuclear está disponível em pequenas quantidades, degradado ou contaminado e a possibilidade de realizar testes com o DNA nuclear é pequena. Devido ao maior número de cópias de mtDNA por célula, e ao fato deste DNA ser circular, e presente dentro de uma organela com membrana celular dupla, o mtDNA possui certa proteção quanto ao grau de degradação. Além disso, o mtDNA é capaz de ligar pessoas à sua linhagem materna, já que este possui herança exclusivamente materna. Com a revisão realizada nesse trabalho podemos perceber que há uma grande tendência em analisar e sequenciar o genoma mitocondrial inteiro, e não só as regiões não-codificantes como anteriormente, desse modo tem surgido diversas metodologias capazes de realizar esta análise, mas ainda não foi estabelecida uma metodologia ouro para a análise em questão. Podemos perceber também que tem se despendido esforços no sentido de encontrar e analisar as heteroplasmias presentes no mtDNA devido a sua capacidade de ajudar na identificação. Apesar da análise de mtDNA ainda não ser empregada em larga escala nos laboratórios de rotina forense, este é um assunto que tem sido amplamente estudado pela comunidade científica e este endossamento no conhecimento do assunto é sempre benéfico, podendo ajudar na implementação de novos métodos, no barateamento do uso destas análises e na criação de kits que possam ser amplamente utilizados.

Publicado

2016-11-09

Cómo citar

Letícia Batista Pinto, Isamara G. Cavalcanti Caputo, & Margaret Mitiko Inada Pereira. (2016). Importância do DNA em Investigações Forenses: Análise de DNA Mitocondrial. Brazilian Journal of Forensic Sciences, Medical Law and Bioethics, 6(1), 84–107. https://doi.org/10.17063/bjfs6(1)y201684